Como organizar as roupas do seu bebê?

Quando o bebê está a caminho, a animação é contagiante e a família toda quer participar deste momento. Por isso, muitos presentes são entregues aos futuros papais e, principalmente, roupinhas.

Além disso, o enxoval completo também tem que fazer parte do primeiro banho de loja do bebê. Mas, depois de tudo isso, é importante saber como guardar e organizar as roupinhas do seu bebê.

A Esplanada conta com diversas opções de móveis organizadores, desde cômodas até armários e guarda-roupas, todos auxiliam bastante na organização e de todas as peças. Lembrando que a organização das roupinhas de bebês vai além e chega, também, na parte de higienização, que é de extrema importância para a saúde do pequeno.

Este artigo é para ajudar você a encontrar excelentes maneiras de organizar e também manter a organização durante o dia dia, por isso, acompanhe até o final. 

Antes de começar…

É importante que, antes mesmo de começar a organizar todas as peças de roupa de do armário, você realize 3 tarefinhas importantes. 

- Lave todas as peças do enxoval usando produtos apropriados para bebês 

- Faça uma limpeza profunda na parte interna e externa do armário. Um pano umedecido com água ou algum produto mais leve é ideal. 

- Comece separando as roupas e calçados de acordo com o tamanho das peças. O tamanho, provavelmente, irá variar de acordo com a idade da criança. 

Faça a arrumação de cima para baixo

Na parte de cima, onde normalmente está localizado o maleiro, guarde os produtos que não serão tão usados no dia a dia. Malas, mochilas, estoques de fraldas, chupetas, colheres e tudo mais que não será necessário pegar todos os dias. 

Outro ponto é colocar aquelas roupas que não são tão utilizadas ou que não couberam nas gavetas do armário nem no cabideiro. 

Cabideiros

Nos cabideiros, devem ficar aquelas roupinhas mais delicadas ou que precisam ficar esticadas para não pegar muito espaço nas gavetas. Vestidos, macacões, casacos, todas peças que são bastante utilizadas no dia a dia, por isso, estão sempre ao alcance das mãos. 

Os melhores cabides são aqueles menores, justamente utilizados para guardar roupas infantis. Dessa forma, além de organizado, o armário ficará mais bonito. Caso caiba mais roupas, pode colocar outras peças nos cabideiros, isso não irá prejudicar a organização como um todo. 

Prateleiras

As prateleiras são os espaços mais fáceis de serem alcançados, por isso, as principais coisas devem estar nelas. Pacotes de fraldas, mantas, cobertores, e utensílios de banho do bebê. 

Quando as coisas estão posicionadas nesse local, fica muito mais fácil pegá-las e, principalmente guardá-las. 

Os calçados também podem permanecer em uma das prateleiras, sempre separando-os por tamanho ou estilo. Por exemplo, tênis fechados, sandálias, e outras coisas. 

Gavetas do armário

As gavetas seguem os mesmo padrões que citamos anteriormente. Sempre de acordo com o tamanho (das menores peças para as maiores), de cima para baixo. 

Os recém-nascidos perdem roupas muito rapidamente, por isso, perdem roupas rapidamente, o guarda-roupa é transformado de 3 em 3 meses geralmente, por isso, é muito importante que a organização seja mantida. 

O que pode existir é um rodízio nas gavetas. Por exemplo, se as roupas presentes em uma das gavetas estiverem ficando grandes, você pode passá-las para uma outra que não esteja tão abarrotada e se livrar daquelas que não podem mais ser utilizadas. 

Dicas

Como já citamos, acessórios e roupas mais básicas devem estar presentes a todo momento, ou seja, estão sempre ao alcance das mãos. Não é necessário fazer nenhum tipo de esforço para pegar as peças. 

Aquilo que o bebê utiliza com menos frequência, ítens menos urgentes, podem ficar mais distantes das mãos e dos olhos (mais escondidinhos) 

Outro ponto importante e que pode auxiliar na organização, é a utilização de caixas plásticas transparentes e etiquetadas dentro dos armários. Com isso, você sabe exatamente o que têm dentro de cada uma. 

Essas caixas podem ser um alívio para gavetas que já estão cheias de coisas e também na parte da higiene, uma vez que, quando não é necessário ficar abrindo a todo momento para ver o que tem dentro, o conteúdo fica mais conservado. 

Conclusão

O processo não é nenhum pouco complicado e pode ser feito sem precisar gastar horas do seu dia. A partir do momento que você consegue organizar pela primeira vez e montar um padrão de organização, ficará muito mais fácil no dia a dia colocar as coisas em seu devido lugar. 

Lembre-se, não existem regras e você pode escolher o jeito que irá guardar todas as peças, o importante é levar em conta a praticidade quando for utilizar algo. Essas dicas podem ir além dos armários e passar, também para o quarto do bebê e, com o quarto organizado, os dias serão mais agradáveis e muito mais seguros.

Acesse agora mesmo o site da Esplanada Móveis e encontre o móvel perfeito para organizar as roupinhas do seu bebê!

Fechar